Brasília será a primeira cidade do Brasil a receber 5G em 3,5 GHz

Conforme apresentado ao grupo responsável pela implantação do 5G no país, em reunião nesta quarta, 15/6, Brasília será a primeira cidade do Brasil a ter liberado o uso da faixa de 3,5 GHz para oferta do 5G, nos termos do leilão realizado em novembro de 2021.

“A EAF apresentou um cenário mais positivo, onde conseguiu filtros para Brasília. Então Brasília deve ser a primeira cidade. Vai começar a colocar os equipamentos e nos dar o feedback sobre como está indo, para então deliberarmos no GAISPI, a autorização de ligar”, explicou o presidente do grupo, Moisés Moreira.

O calendário do 5G já foi adiado por 60 dias pela escassez de equipamentos de mitigação de interferência nas antenas parabólicas pelo uso da faixa de 3,5 GHz nos celulares. A principal falta é dos 1,5 mil filtros profissionais para sistemas FSS. E é a entrega escalonada desses filtros que está impondo um escalonamento na liberação da faixa para uso pelas operadoras móveis.

“A EAF vai priorizar Brasília pela logística e pela quantidade de filtros que se adequa com a necessidade da cidade. A primeira cidade é sempre mais difícil, porque serve como projeto-piloto, mas faz parte do aprendizado”, completou o conselheiro da Anatel que preside o Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz, que também reúne governo, teles e emissoras de TV.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here