Saúde recebe 146 mil doses da vacina contra a gripe

Mais de 73 mil já foram distribuídas para a rede

A Secretaria de Saúde recebeu 146 mil doses da vacina contra a gripe, entregues pelo Ministério da Saúde no início desta semana. Desse total, 73,1 mil doses já foram distribuídas nas regiões de saúde do Distrito Federal, abastecendo a rede para a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começa nesta quinta-feira (16).

“Enquanto a rede se prepara para a nova fase da campanha, as 72,9 mil doses restantes estão armazenadas na Rede de Frio, e serão usadas na medida que se tornar necessário, evitando o desabastecimento da rede”, afirmou a chefe do Núcleo da Rede de Frio, Tereza Pereira.

De acordo com a gestora, assim que a segunda fase iniciar, os profissionais de saúde que atuam nas salas de vacinação terão uma noção melhor de como o público-alvo vai se comportar. Assim, será possível adotar a melhor estratégia para atender a população.

“Como terão grupos flutuantes, a exemplo dos caminhoneiros e motoristas, não sabemos ainda se eles vão procurar a vacina próximo de suas casas ou do local de trabalho. A depender de como for, faremos os ajustes caso seja preciso, e dispensaremos mais doses para a rede”, explicou a chefe do Núcleo da Rede de Frio.

As vacinas da gripe são encaminhadas pelo Ministério da Saúde de forma fracionada. Ao contabilizar com as 82 mil entregues na semana passada, a Secretaria de Saúde recebeu um total de 228 mil doses para contemplar a segunda etapa da campanha. “É praticamente 100% da quantidade necessária para essa nova fase”, ressaltou Tereza Pereira.

Público Alvo

Desta vez, fazem parte dos grupos prioritários: os profissionais das forças de segurança e salvamento; caminhoneiros; motoristas e cobradores de transporte coletivo; indígenas; portadores de doenças crônicas não-transmissíveis (comorbidades) e outras condições clínicas especiais; pessoas privadas de liberdade; profissionais do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas.

Antes, os professores também estavam incluídos nesta etapa da campanha. Contudo, de acordo com a orientação do Ministério da Saúde, seguida pela Secretaria de Saúde, eles serão contemplados a partir da terceira fase da iniciativa.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasìlia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here