Saúde firma contrato com o Sabin para testes de Covid-19

Laboratório vai realizar 100 testes por dia

A Secretaria de Saúde firmou contrato, em caráter emergencial, com o Laboratório Sabin de Análises Clínicas Ltda. A empresa realizará, pelo prazo de 180 dias, coleta e diagnóstico laboratorial para a detecção da Covid-19.

A contratação de laboratórios particulares para a realização dos exames da Covid-19 foi feita por meio de dispensa de licitação para a contratação de 20 mil testes rápidos. A Dispensa de Licitação Nº 05/2020, processo S.E.I. 00060-00101215/2020-85, foi publicada nesta quinta-feira (16), em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O valor investido pela Secretaria de Saúde é de R$ 3,4 milhões (R$ 3.420.000,00, mais precisamente). O pagamento é realizado por teste, em que cada um custa R$ 190.

Serão realizados 100 testes por dia, que é a capacidade do Sabin, segundo o subsecretário. São todos testes de swab, exame realizado por meio de um cotonete, pelas vias respiratórias aéreas.

O secretário de Saúde, Francisco Araújo, disse que “é mais uma medida para ampliar e tornar efetivo e eficaz o combate ao coronavírus no DF, reduzindo assim a proliferação da Covid-19. Essa parceria vem se juntar a ações que já tomamos e a outras que estão em andamento, todas no sentido de combater a pandemia”, destaca.

“Só recebemos propostas do Laboratório Sabin, que ofertou a realização de 100 testes por dia com fornecimento de todos os insumos e laudos desses exames. Então, o Sabin se consagrou o vencedor da dispensa de licitação. Hoje assinamos o contrato com o  laboratório, que  já pode começar a realizar esses testes imediatamente”, explica o subsecretário de Administração Geral, Iohan Struck.

“A realização desses testes por meio do Laboratório Sabin vai ser de suma importância para auxiliar no trabalho do Laboratório Central [Lacen-DF], que é o único que tem feito esses exames laboratoriais de Covid-19 para a Secretaria de Saúde. Esse é um reforço para testar o maior número de pacientes possíveis”, analisa Struck.

Logística

De acordo com o diretor do Lacen-DF, Jorge Chamon, os testes serão colhidos em algumas unidades básicas de saúde, que encaminharão as amostras para o Lacen-DF, onde elas serão organizadas. O Lacen-DF continuará responsável pela realização dos exames colhidos nos hospitais.

Depois disso, as equipes do Laboratório Sabin recolherão todas as amostras, que serão levadas para análise e processamento nos laboratórios da empresa. O resultado será disponibilizado no sistema em até 24 horas.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Fonte: Agência Brasìlia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here