Caiado inaugura Policlínica Regional de Goianésia com investimentos de 9,4 milhões e capacidade para 7 mil consultas por mês

Estrutura beneficia 60 municípios. “Vamos governar para terminar obras e dar dignidade ao cidadão”, diz governador. Segunda unidade entregue neste formato fortalece projeto de expansão dos serviços médicos para interior do Estado. Funcionamento começou dia 04 de janeiro

Governador Ronaldo Caiado e secretário estadual de Saúde, Ismael Alexandrino, entregam segunda policlínica regional para goianos. Localizada em Goianésia, unidade tem capacidade para 7 mil consultas por mês / Fotos: Cristiano Borges e Lucas Diener

O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta terça-feira (12/01), a segunda unidade no modelo de policlínica no Estado, localizada em Goianésia. A entrega traz avanços ao serviço de saúde ao oferecer atendimento aos moradores de 60 municípios da região do Vale do São Patrício. “Vamos governar para terminar, para fazer com que as coisas funcionem, dando dignidade ao cidadão em cada região do Estado”, afirmou, ao mencionar as dificuldades que muitos goianos vivenciam ao necessitar de deslocamento para tratamentos que são, muitas vezes, periódicos e para a vida toda.

A interiorização dos serviços foi a estratégia adotada pelo governador para promover a universalização dos atendimentos públicos demandados pela população. Para a Policlínica Regional de Goianésia, o aporte de recursos destinado, quase R$ 9,4 milhões, saiu dos cofres do Tesouro do Estado. A unidade, que tem capacidade para 7 mil consultas mensais, começou a funcionar no primeiro dia útil do ano, 4 de janeiro.

“Eu trabalho para o cidadão, para atender as pessoas mais vulneráveis, mais carentes, humildes”, reforçou Caiado. Ele também defendeu, em discurso, a união de forças com prefeitos e parlamentares para deixar um legado aos mais de 7 milhões de goianos. “É preciso que as pessoas acreditem que nossas lideranças podem somar à melhoria da qualidade de vida do povo”, acrescentou.

Titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Ismael Alexandrino explicou que a policlínica traz avanços na segmentação do atendimento. “Tínhamos uma atenção primária de atribuição dos municípios e os hospitais, e nada no meio para dar suporte. O governador, como médico, entendeu o vácuo assistencial que existia”, assinalou Alexandrino. “A policlínica representa, justamente, o elo entre a atenção primária e o hospital”, complementou.

Atendimento itinerante
Outro serviço que passou a ser disponibilizado para a região do Vale do São Patrício é a Carreta de Prevenção ao Câncer, que percorrerá os municípios vizinhos para desenvolver ações de atenção à saúde da mulher. “Vamos poder diagnosticar o câncer de mama e de colo de útero na fase inicial. Isso é humanizar, é dar qualidade de vida”, ponderou Caiado.

Além dele e do titular da SES, várias lideranças políticas e o vice-governador Lincoln Tejota participaram da entrega de obras em Goianésia. “Já foram atendidas 300 pessoas essa semana [na policlínica]. São 300 pessoas que poderiam ter entrado, às vezes, em uma ambulância, gastado dinheiro do seu bolso, tirado do seu sustento, para ir para Goiânia”, informou Tejota, ao reiterar que o momento é de mudança.

“Hoje é um dia importante para o Vale do São Patrício e para Goiás, até porque a saúde do nosso Estado era a da ambulância. Não tinha uma política pública como temos agora, regionalizada”, registrou o deputado federal José Nelto.

Para o deputado estadual Amilton Filho, a inauguração “faz valer a confiança que foi depositada no governo”. “A entrega de uma obra como essa traz dignidade, encurta distâncias e salva vidas”, defendeu.

Já o prefeito de Goianésia, Leonardo Menezes, pontuou o apoio dado pelo Governo de Goiás para transformar o atendimento em saúde no município. “Isso só demonstra a nossa parceria e o que nós podemos fazer juntos. A policlínica será um marco”, ressaltou.

O presidente da Câmara Municipal, Fábio da Enigma, disse que receber a obra é motivo de muita gratidão. “Goianésia dá um salto e é um passo a mais estarmos atendendo tantas especialidades no nosso município”, afirmou o vereador.

Mais inaugurações
A expansão da rede de policlínicas segue de forma estratégica com a construção de novas unidades em diferentes regiões do Estado. A de Goianésia foi a segunda a entrar em operação na atual gestão. A primeira foi implantada em 2020, em Posse, no Nordeste goiano. Os próximos municípios a serem contemplados com estruturas similares são Quirinópolis, Formosa, cidade de Goiás e São Luís de Montes Belos.

Além da instalação de policlínicas, o Governo de Goiás prioriza investimentos para construção de hospitais regionais e celebração de convênios para ampliação de leitos de internação, especialmente nas Unidades de Terapias Intensivas (UTIs) para atender todo o território goiano.

Para consolidar a regionalização está prevista também a retomada de projetos paralisados pela gestão anterior. “Vamos, ainda no primeiro trimestre deste ano, abrir um hospital que o povo de Goiás não acreditava mais que pudesse ser inaugurado, o de Uruaçu”, destacou o governador.

A obra visa à instalação de um hospital geral e maternidade no Norte Goiano, executada via Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra). Os investimentos de R$ 100 milhões são do governo estadual. Ao todo, serão 240 leitos de internação, 40 deles para as UTIs.

Participaram da solenidade a coordenadora da Área da Saúde do Centro de Apoio Operacional do Ministério Público de Goiás (MPGO), Karina D’Abruzzo; o vice-presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Sampaio; o assessor especial da Governadoria, Lineu Olímpio; o presidente do Conselho Estadual de Saúde de Goiás, Venerando Lemes de Jesus; a coordenadora regional de Educação, Gislene Fonseca; o diretor presidente do Instituto CEM, Jeziel Barbosa; o superintendente de Gestão do Vapt Vupt, Dioji Ikeda; a diretora da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Jaraguá, Marizete Lobo; o comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Diney Pereira; o subcomandante da 15ª Regional da Polícia Militar, tenente-coronel Marcus Vinícius; e a subcomandante do Corpo de Bombeiros, capitã Ana Lúcia Cardoso.

Ainda estiveram presentes os prefeitos Dásio Marques (Amaralina), Professor Álvaro (Barro Alto), Geraldo Reis (Carmo do Rio Verde), Edmario de Castro (Ceres), Alair Rabelo (Cocalzinho de Goiás), Wilson Tavares (Gameleira de Goiás), Paulo Vitor (Jaraguá), Cleber Junio (Nova América), Tiago Contador (Petrolina), Nivaldo Melo (Pirenópolis), Fred Vidigal (Rialma), Gilber Roque (Rianápolis), Padre Weber (Rubiataba), Cássia Dourado (Santa Isabel), Roberto João de Oliveira (Santa Rita), Cleuton Timbo (São Francisco de Goiás), Elieudes Moraes (São Luiz do Norte), Elivan Carreiro (Uirapuru) e Waldilei Lemos (Vila Propício); além de vice-prefeitos, suplentes de deputados, vereadores do município e de cidades vizinhas, secretários municipais de Saúde, e ex-prefeitos.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here