Retorno de Popó terá homenagem em estátua e instituto de boxe para jovens

20150317205246O retorno de Acelino ‘Popó’ de Freitas aos ringues, anunciado nesta segunda-feira, teve local escolhido a dedo pelo próprio lutador. Com data prevista para 6 de junho, a luta de Popó será na Arena Santos por um motivo especial. “Escolhi Santos para homenagear um amigo, um irmão, que é o Seu Pepe”, afirmou o boxeador, se referindo a Pepe Altstut, proprietário da Memorial Necrópole Ecumênica e incentivador do esporte no Brasil.

Sem adversário definido ainda, o pugilista retorna após anunciar a aposentadoria duas vezes. O objetivo é o de conquistar o quinto título mundial na carreira e utilizar o boxe como forma de inclusão social.

“Vou voltar a lutar para levantar o boxe”, disse. “O boxe não me parou por lesão. Eu que parei com o boxe e deixei ele lá. E volto porque está me esperando. Agora é fazer um bom trabalho, principalmente a parte física, que é essencial, e cair para dentro”, explicou.

O lutador também deve lançar um instituto que leva o seu nome em Santos, visando atrair os jovens e impulsionar a prática do boxe. “Quero incentivar a garotada a praticar, em parceria com a Memorial, resgatando o boxe no Brasil. Eu sou um projeto social que deu certo. Eu fui para uma academia e não tinha condições de pagar. Através de oportunidades, me consagrei quatro vezes campeão mundial”, contou. “Queremos lançar esse projeto já na minha luta”.

Mas antes de receber a luta, a Arena Santos deve comemorar o Dia Nacional do Boxe, criado por lei pelo próprio boxeador, que também é deputado federal. No dia 26 de março uma escultura com 2,5 metros de altura será inaugurada no local com os bustos dos três maiores pugilistas do Brasil: Eder Jofre, Miguel de Oliveira e o próprio Popó de Freitas. “Quando fiz o projeto fiz questão que o dia fosse no aniversário do Eder”, disse Popó.

Preparatório terá início em Salvador- Popó iniciará a preparação para a luta em Salvador, e depois deve continuar os trabalhos em Santos, de modo a criar o ambiente da luta. Farei um intensivão de 30 a 40 dias”, disse.

Com 39 anos, Popó deve lutar pelo novo cinturão na categoria até 66 quilos. Em 6 de junho, o lutador deve disputar a categoria 69kg, mesma do combate em 2012 contra Michael Oliveira. Ao todo, o pugilista deve ter três lutas no Brasil antes de brigar pelo título, provavelmente no exterior.

“Aqui no Brasil (o boxe) não está em evidência porque não temos um campeão. Cadê o tênis? Cadê a Fórmula 1? Hoje o UFC tem três campeões no Brasil e o boxe, quando tinha o Popó como campeão, todos sabiam o que era. Era um esporte divulgado. O mesmo aconteceu com o tênis, na época do Guga, na Fórmula 1 com o Ayrton Senna. Depois que sai o campeão, é normal aparecer outra modalidade. Mas o boxe é o esporte mais bem pago do mundo e lá fora é muito forte”, concluiu o atleta.

Fonte: Gazeta Esportiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here