Muricy Ramalho deixa o comando do São Paulo

4043_crop_galeriaMuricy Ramalho não é mais o treinador do São Paulo. Sua saída foi anunciada na tarde desta segunda-feira e, de acordo com as partes, foi uma decisão de comum acordo entre técnico e diretoria.

Apesar de todo carinho que a torcida do Tricolor tem com treinador, muitos concordaram com sua saída. A falta de padrão tático, a saúde debilitada e a aposta em jogadores contestados contribuíram para o desempenho irregular do São Paulo na temporada. Mesmo com tropeços, o técnico contava com o respaldo da diretoria, que bancava sua permanência até o fim da temporada.

“Decidimos pela minha saída do clube. Estou com problemas de saúde, devo fazer uma cirurgia na próxima semana e preciso desse tempo que o São Paulo não tem no momento”, explicou Muricy em nota oficial. O técnico de 59 anos precisa realizar a operação para retirada de pedra na vesícula.

A derrota por 2 a 0 para o Botafogo, em Ribeirão Preto, domingo, foi a última do treinador, que assumiu em 12 de setembro de 2013, quando chegou com a missão de salvar a equipe do rebaixamento no Brasileirão daquele ano. E conseguiu.

Muricy encerrou a nova passagem pelo São Paulo com 473 partidas. Desde que retornou ao clube, ele dirigiu a equipe em 109 jogos, com 58 vitórias, 22 empates e 29 derrotas.

Quem vem?

Sem Muricy Ramalho, o São Paulo será comandado pelo auxiliar Milton Cruz até que o novo profissional seja contratado. Vice-presidente do clube, Ataíde Gil Guerreiro explicou: “Vamos atrás de um técnico de ponta no mercado nacional, mas não gostaria de mexer com técnicos empregados. O que preciso é trazer alguém no mesmo nível do Muricy. É obrigação”.

O cartola não falou sobre nomes, mas descartou o ex-jogador Leonardo. Cuca e Abel Braga são os favoritos.

Fonte: Metro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here