Exames apontam níveis de testosterona de Vitor Belfort acima dos apresentados por Weidman

UFC 187 Ultimate Media DayValores, no entanto, estão dentro do permitido pela Comissão Atlética de Nevada.

O duelo entre Chris Weidman e Vitor Belfort não aconteceu no ano passado por causa do fim da isenção para o uso da terapia de reposição de testosterona (TRT), já que o brasileiro não teria tempo para deixar o seu corpo nas condições exigidas pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC). Após muito tempo de espera, o duelo foi confirmado e acontecerá neste sábado, em Las Vegas.

Nessa quinta-feira, durante o Media Day do evento, uma notícia surpreendeu a todos os jornalistas presentes. Os níveis de testosterona de Vitor Belfort estão superiores ao do rival Chris Weidman, mesmo ele tendo 38 anos, contra 30 do rival. O normal seria o contrário.

Os exames pré-luta dos dois lutadores foram divulgados peloCombate.com e mostram níveis mais altos de Vitor Belfort em testosterona e na taxa de testosterona-epitestosterona. No entanto, o nível encontrado no corpo do brasileiro é permitido pela NSAC. Os testes não apresentaram substâncias proibidas no organismo dos atletas.

Na maioria dos exames solicitados pela comissão, o brasileiro aparece com níveis inferiores ao de Chris Weidman, sendo superado apenas em testosterona.

Belfort afirmou que seus exames estão corretos e que não se preocupa mais com o assunto TRT. “Meus exames estão perfeitos. Pra te falar a verdade, quem faz os exames é a comissão atlética. O meu deu certo, o dele deu certo e estamos aqui. O meu problema, o hipogonadismo, são glândulas que não produzem, não vai mudar nada o que eu comer ou fizer. Quando você fazia o tratamento, ficava com os níveis normais. Hoje em dia, eu não estou preocupado com isso, estou focado no que eu tenho controle”, disse o brasileiro.

Fonte: df.superesportes.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here