Empate amargo

O Fluminense visitou o Santos, e logo no primeiro escanteio a defesa falha e o Santos faz 1×0.
O Fluminense tenta impor seu jogo de toque de bola, mas tem dificuldade porque, apesar de ter posse de bola, é o Santos quem dita o ritmo de jogo imprimindo velocidade nos contra-ataques, quando erramos o passe.
O posicionamento do Santos, com marcação avançada na nossa intermediária permite que tenhamos a posse de bola, mas impede a progressão rápida para o ataque.
Voltamos para o segundo tempo com Martinelli no lugar de Lucas Claro para tentar melhorar a saída de jogo.
Logo aos 2 minutos MM perde o gol, chutando cruzado.
Aos 23 minutos, MM sofre a falta dentro da área, num lance bobo do zagueiro adversário que Ganso cobra com cavadinha e empata o jogo.
Aos 27 minutos Arias chuta de fora da área e virá o jogo.
Aos 35 minutos saem Ganso e MM para entrada de David Duarte e Wellington.
O Santos ataca, mas de forma desordenada e o Fluminense recua muito.
O castigo vem logo quando o Fluminense perde a bola no ataque, o Santos empata num contra-ataque veloz.
Aos 44 minutos entra Pineida no lugar de Arias.
Assim termina o jogo e que a perda de 2 pontos sirva de lição de que, com vantagem no marcador não se deve recuar, mas ao contrário atacar sempre para matar o jogo.
Agora é aproveitar a semana de folga e no domingo às 16 horas receber o Cuiabá em busca de mais uma vitória, rumo ao título.
Bora Fluzão 🇭🇺🇭🇺🇭🇺🇭🇺
Raimundo Ribeiro
Apaixonado por futebol e, naturalmente tricolor

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here