Cruzeiro perde para o Flamengo no Maracanã e volta a ficar perto da zona de rebaixamento

20150910225456973675oO Cruzeiro fez um bom jogo, especialmente no primeiro tempo, e demonstrou resistência contra o Flamengo, no Maracanã, nesta quinta. Mas, em duas chegadas ao ataque, o time rubro-negro foi eficiente e fez jus ao posto simbólico de “líder do returno” do Campeonato Brasileiro. Os gols da vitória carioca por 2 a 0 foram marcados por Alan Patrick e Luiz Antônio.

O Cruzeiro teve um pênalti não assinalado no primeiro tempo, de Samir em Paulo André, quando o jogo estava 0 a 0, mas, apesar desse lance, a vitória flamenguista não foi injusta, pois o time da casa soube se defender bem e foi eficaz quando atacou. Esse foi o quinto triunfo consecutivo do Flamengo, que terminou a rodada no G-4. Já o Cruzeiro voltou a namorar a zona de rebaixamento, já que o Goiás venceu o Sport na rodada. Agora, a distância da Raposa para a degola é de apenas um ponto.

Na próxima rodada, o time de Mano Menezes tem outra pedreira. O adversário é o rival Atlético, no domingo, às 16h, no Mineirão. Até a tarde desta quinta-feira, mais de 37 mil cruzeirenses já haviam garantido entrada para o clássico.

O jogo

Assim como no jogo contra o Figueirense, no último fim de semana, o Cruzeiro surpreendeu no primeiro tempo da partida contra o Flamengo. O Rubro-negro, melhor time do returno, não encontrou seu futebol contra a Raposa.

O time de Mano Menezes foi melhor em toda a etapa inicial e teve mais chances de marcar. Aos 12 minutos, o zagueiro Paulo André aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou no canto inferior esquerdo de Paulo Victor, que salvou o Flamengo de sofrer o primeiro gol.

Pouco tempo depois, também em uma jogada de escanteio, o Cruzeiro foi prejudicado pela arbitragem. O mesmo Paulo André foi agarrado por Samir dentro da área, mas o árbitro não marcou a penalidade.

Em outro lance, Pará ficou sozinho na cara do goleiro, depois de cobrança de falta de Willian, mas desperdiçou a chance. O detalhe é que o lateral cruzeirense estava impedido e o assistente não assinalou. Posteriormente, o mesmo assistente errou ao dar um impedimento de Vinicius Araújo que não existiu.

Mesmo melhor no jogo, o Cruzeiro vacilou nos acréscimos do primeiro tempo e, em um descuido da zaga, Alan Patrick ficou sozinho na área para fuzilar o gol de Fábio e abrir o marcador: 1 a 0. Foi o primeiro chute a gol do Flamengo na partida.

O clube celeste voltou do intervalo com o mesmo ímpeto, mas a saída de Ariel Cabral para a entrada de Marcos Vinicius parece ter deixado o meio-campo celeste mais frágil e menos criativo. O Flamengo conseguiu se fechar bem e a primeira chance da Raposa só veio aos 19 minutos, em chute rasteiro de Willian, que passou à esquerda de Paulo Victor.

Quatro minutos depois, no primeiro lance de perigo do Flamengo na etapa final, o time rubro negro chegou ao segundo gol. Depois de cobrança de escanteio, Luiz Antônio acertou um belo chute no ângulo superior esquerdo de Fábio e deu números finais à partida: 2 a 0.

Flamengo 2 x 0 Cruzeiro

Flamengo
Paulo Victor; Pará, Wallace (César Martins), Samir e Jorge; Luiz Antônio, Jonas, Alan Patrick; Paulinho (Jajá), Kayke e Emerson Sheik (Marcelo Cirino)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Cruzeiro
Fábio; Ceará, Manoel, Paulo André e Pará; Henrique, Willians e Ariel Cabral (Marcos Vinicius); Willian, Vinícius Araújo (De Arrascaeta) e Allano (Marquinhos)
Técnico: Mano Menezes

Gols: Alan Patrick, aos 46’ do primeiro tempo; Luiz Antônio aos 23’ do segundo
Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Maracanã
Data: 10 de setembro (quinta-feira), às 22h
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Vicente Romano Silva (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: Ceará, Manoel, Henrique (Cruzeiro); César Martins, Alan Patrick, Paulinho
Público: 43.017 torcedores

Fonte: www.df.superesportes.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here