Hildo do Candango defende que a gestão do transporte do entorno saia da ANTT e passe para os prefeitos e governos do DF e Goiás

O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes de Brasília (AMAB) falou dos trabalhos que vem sendo realizados pela Codese e o Governo do Estado de Goiás ​

Hildo do Candango | Foto: Reprodução

Com as mudanças no cenário político, os prefeitos da região do Entorno do Distrito Federal esperam enfim sanar questões como a integração do transporte entre o Entorno e o DF, e outras pautas que têm sido trabalhadas com grande expectativa pelos gestores. 

Para o presidente da Associação dos Municípios Adjacentes de Brasília (AMAB), Hildo do Candango é importante que os assuntos de interesse dos municípios do Entorno sejam debatidos e tais questões têm sido trabalhadas com grande expectativa pela AMAB. “Não apenas como prefeito de Águas Lindas de Goiás, mas também como presidente da AMAB, sei das dificuldades reais da população quanto ao transporte público”,afirmou Hildo do Candango. 

Uma das maiores dificuldades destacadas pelo prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, é a falta de autonomia dos prefeitos sobre a gerência do transporte semiurbano. “Uma das nossas maiores dificuldades é que o transporte hoje é regulamentado pela ANTT, a agência regulamenta o transporte semiurbano do Brasil todo e tem um calendário anual de reajustes de tarifas, porém o transporte opera dentro dos municípios, e nós como gestores não temos gerência ou autonomia dentro dessetransporte semiurbano”, complementou o prefeito. 

Para o gestor e os demais prefeitos da região do Entorno a solução para esse problema seria tirar a gestão do transporte semiurbano do Entorno da ANTT, criando um consórcio que possibilite que os municípios e o próprio Governo do Distrito Federal participem da regulamentação desse transporte. “O mais importante seria os municípios do Entorno junto com o GDF, ou seja, se houvesse a participação do estado de Goiás seria bom para conseguir algum subsídio como vale transporte estudantil ou algo neste sentido, para os jovens do entorno e a população em geral”, finalizou Hildo do Candango. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here