Governo de Goiás repassa quase R$ 1,5 milhão ao circo, teatro e cultura popular durante a pandemia

Mais de 10 projetos foram contemplados pela Secult, por meio de recursos do Fundo de Arte e Cultura (FAC)

Mesmo diante das dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19, o Governo de Goiás continuou a investir e incentivar a cultura popular, teatro e artes circenses no Estado. De março a julho, a Secretaria de Estado de Cultura (Secult Goiás) destinou quase R$ 1,5 milhão para artistas que continuaram as atividades de forma virtual. São recursos do Fundo de Arte e Cultura (FAC), relativos aos editais de 2018 e pagos pela gestão do governador Ronaldo Caiado, que herdou as dívidas da administração passada.

O circo, por exemplo, conhecido mundialmente por contar com grandes plateias e a interação constante com o público, teve que passar por readaptações. Para auxiliar essa arte centenária a não perder as atividades durante a pandemia, vários editais do FAC nessa área foram aprovados.

São companhias e grupos que, a distância, promovem apresentações, espetáculos, oficinas, laboratórios e saraus. Todas feitas de forma virtual e divulgadas nas redes sociais dos responsáveis. Projetos como “Arte na Contramão”, “Goiás nas Alturas”, “Ilusionistas Do Cerrado – Um Duelo Entre Números”, “Catavento: Alçando Voos” e “Pastana recebe a Visita de Chico” foram apoiados pelo FAC em ações on-line.

O teatro foi outro segmento que teve de se reinventar para conseguir chegar ao público. Em Goiás, o apoio do governo foi fundamental para que várias companhias pudessem continuar com os projetos, agora de forma online.

Editais como “Ocupa Feteg”; “Cirque des Ilusions”; “Festival Teatro de Bolso de Anápolis”; “Grupo Zabriskie Teatro 27 anos” e “O Príncipe – Circulação Nacional” foram os selecionados pelo FAC e que continuam com ações virtuais nesse ano de 2020. A partir deles, são oferecidas oficinas teatrais, discussões e apresentações de peças.

Já os editais para a Cultura Popular têm como destaque os projetos como “A viola caipira na rota do ouro goiano”, “Viola Caipirinha” e “Encontro Capoeira Luanda” que buscam deixar viva a nossa cultura no coração dos milhares de goianos que precisam estar em casa.

Política de incentivo
O Fundo de Arte e Cultura de Goiás é um dos principais mecanismos de incentivo à produção cultural do Estado, que permite um grande avanço na política cultural goiana, tornando-a mais democrática e plural. O benefício abrange os mais diversos segmentos artísticos, como música, literatura, teatro, dança, cinema, cultural popular, patrimônio, museus e outros.

Secretaria de Estado de Cultura (Secult) – Governo de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here