Eleições 2020 – Largada já foi dada para as Convenções Partidárias

Legendas têm até dia 16 de setembro para oficializar candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador

As Eleições 2020 sem dúvidas ficarão para história, em meio a uma pandemia que está mudando radicalmente a nossa forma de viver, não seria diferente com o pleito municipal. Segundo o IBGE, o Brasil tem 5.570 municípios com 147,9 milhões de eleitores aptos a votarem nessas eleições.

Eleitores que vão eleger novos prefeitos e vereadores no pleito marcado para o dia 15 de novembro. Apenas o Distrito Federal e Fernando de Noronha não participam das eleições municipais. Os eleitores brasileiros que estão registrados para votar no exterior também não participam desse pleito, uma vez que o voto em trânsito só ocorre nas eleições gerais.

Dentro do Calendário Eleitoral, a largada das Convenções Partidárias já foi dada no dia 31 de agosto com duração até o dia 16 de setembro, uma verdadeira correria para as legendas oficializarem os seus candidatos a prefeitos vice-prefeito e vereadores.

No estado de Goiás onde escrevo essa matéria, o número de eleitores cresceram bastante, chegando a marca de 4.606.112. Um dos colégios eleitorais mais importantes do estado goiano é a região do Entorno do Distrito Federal, conhecida como RIDE (Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno) que conta com 32 municípios chegando há aproximadamente 1.200.000,00 (Um Milhão Duzentos Mil habitantes).

Irei enfatizar nesse momento apenas os 11 municípios mais próximos do DF; Água Lindas de Goiás, Alexânia, Cidade Ocidental, Cocalzinho, Cristalina, Formosa, Luziânia, Novo Gama, Planaltina, Santo Antonio do Descoberto e Valparaíso de Goiás, que tem 615.846 eleitores aptos a votarem. Fato é que essa região é uma região de grande importância para o Governo de Goias e para o Governo do Distrito Federal, colégio eleitoral que influencia diretamente no cenário político das duas regiões.

No Cenário Político Goiano atual, a grande disputa está entre três grupos, o Caiadista, grupo do atual governo Ronaldo Caiado, que venceram em primeiro turno nas últimas eleições com grande expressão , contabilizando 59,73 % dos votos válidos e tem pela frente um grande desafio, consolidar o seu governo no entorno, base que vem com muita força, porém não será fácil pois tem pela frente dois adversários que não podem ser subestimados.

O grupo Vilela liderado por Daniel Vilela, segundo lugar nas últimas eleições, que tem pela frente um desafio ainda maior, continuar avançando e para isso precisam conquistar mais espaço no entorno.

O grupo Marconista que tem como líder o tucano Marconi Perillo, grupo que esteve 16 anos no Palácio das Esmeradas e lideram em grande maioria o cenário municipal, porém sofreram uma derrota esmagadora nas últimas eleições, com apenas 13,73 % dos votos válidos, ficando em terceiro lugar. É caro leitor, mas a base Marconista ainda respira e luta para retornar ao poder, e para isso terá que avançar no entorno, algo que não será fácil. 

Com certeza essas eleições não ficarão para história apenas por serem realizadas em meio há uma pandemia, mas também pela disputa que está em jogo, que será acirrada até o apito final. O fator mais importante é quem decide o final desse game eleitoral, é você eleitor que decidirá quem irá legislar e gerir o seu município, por isso é de suma importância, votar consciente. Analise o histórico dos seus candidatos eleitos nas últimas eleições municipais, se os mesmos realmente trabalharam em prol da sua cidade. Estude a vida pública, familiar e social dos pretensos candidatos, não venda seu voto, não troque o futuro da sua cidade, de sua família por um momento efêmero. 

VOTE CERTO! VOTE CONSCIENTE!

Por Marcos Alexandre

Fonte: Portal imparcial

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here