Drones farão monitoramento nos locais de votação em Goiás

Medida inovadora foi divulgada hoje em coletiva de imprensa sobre a segurança nas Eleições 2020

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás, Desembargador Leandro Crispim, recebeu hoje representantes da Polícia Federal, Polícia Civil e Polícia Militar e veículos de comunicação para uma coletiva de imprensa sobre a segurança nas Eleições Municipais 2020.  

“O objetivo desta coletiva é demonstrar que ao longo de vários meses temos realizado um trabalho de estruturação das forças de segurança para realizar uma eleição ordeira no estado”, afirmou o Presidente na abertura do evento.

A Polícia Federal, representada pelo Delegado Adriano Mares Tarouco, reafirma a parceria com a Justiça Eleitoral na repressão dos crimes eleitorais, informa que além de atuar na região de Goiânia, Jataí e Anapólis, locais em que há sede da PF, também foram enviadas equipes para as cidades do entorno e algumas cidades do interior de Goiás. Esse ano será a primeira vez que a PF usará os drones para evitar ilícitos eleitorais.

A Polícia Civil do estado de Goiás, representada pela Delega Silvana Nunes Ferreira, informou que contará com equipes presenciais no dia 15 em todo o período de votação e logo após em 157 municípios agindo na repressão de crimes eleitorais.

Sabrina Leles, Delegada Titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos informou que a Polícia Civil já está atuando na capital e interior para o combate às notícias falsas, auxiliando a Justiça Eleitoral na verificação das informações disseminadas.

Este ano, em parceria com a Justiça Eleitoral, a Polícia Militar atuará também pela primeira vez com drones para monitorar os locais de votação. Os equipamentos serão ativados para identificar os responsáveis pela prática de distribuição de material gráfico nas regiões de seções eleitorais. Em caso de ocorrência criminosa, viaturas serão acionadas e os suspeitos encaminhados a uma delegacia.

De acordo com o Major Dallbian Rodrigues, a Polícia Militar vai empregar, de forma exclusiva, 5.500 policiais militares para os mais de 2.400 locais de votação nos 246 municípios goianos no dia das Eleições. Será ainda reforçado o patrulhamento ostensivo preventivo com 2.400 membros em 1.150 viaturas distribuídas no estado.


Assessoria de Imprensa e Comunicação Social

Fonte: TRE-GO

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here