Acredita-DF movimentou R$ 1 bilhão no último mês

Programa do BRB visa reduzir impactos provocados pela pandemia. Mais de 63 mil clientes já foram beneficiados com crédito ou renegociação de dívidas

A instituição financeira do DF  atenderá até 30 de maio pessoas físicas e jurídicas afetadas com o agravamento da crise causada pela covid-19 | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

O Acredita-DF, novo programa do BRB com soluções para redução dos impactos financeiros provocados pela crise da covid-19, já movimentou R$ 1 bilhão. O montante é referente à liberação de novos créditos, prorrogação ou renegociação de empréstimos contratados anteriormente.

R$ 2,5 bilhõesTotal de recursos do Acredita-DF previstos para serem concedidos em condições especiais

Lançado no final de fevereiro, o Acredita-DF atendeu, até ontem (31/03), 63.281 clientes, sendo cerca de 1.000 empresas.

“Temos orgulho de termos desenvolvido o Supera-DF, no ano passado, e agora o Acredita-DF. Juntos, os programas já movimentaram R$ 5 bilhões e ajudaram a salvar empregos e empresas em meio à crise da covid-19”Paulo Henrique Costa, presidente do BRB

O Acredita-DF é o segundo programa que o BRB lança desde o início da pandemia. No ano passado, o BRB, por meio do Supera-DF, movimentou R$ 4 bilhões.

Até o final de maio

Previsto para seguir até 30/05, o Acredita-DF espera conceder até R$ 2,5 bilhões, para pessoas físicas e jurídicas, com objetivo de atender a diferentes setores da cadeia produtiva.

“O BRB não tem medido esforços para contribuir com o desenvolvimento econômico e social do Distrito Federal. Temos orgulho de termos desenvolvido o Supera-DF, no ano passado, e agora o Acredita-DF. Juntos, os programas já movimentaram R$ 5 bilhões e ajudaram a salvar empregos e empresas em meio à crise da covid-19”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

Suspensão de pagamento

Além da liberação de novos créditos, o Acredita-DF também permite a suspensão, por até 180 dias, de pagamento de parcelas de financiamentos já contratados em todas as linhas, entre elas os produtos crédito imobiliário e o crédito consignado.

No caso do financiamento imobiliário, a cobrança, durante a suspensão dos pagamentos, será apenas dos valores referentes ao seguro das operações (valor variável de acordo com a idade, saldo devedor e valor de avaliação do imóvel) e taxa de administração.

Para aderir ao programa Acredita-DF, os clientes Pessoa Física (PF) ou Pessoa Jurídica (PJ) devem procurar os canais digitais do Banco: Mobile, Internet Banking e Telebanco (61 3322-1515).

Condições especiais

O Acredita-DF apresenta uma série de condições especiais e as menores taxas do mercado. No caso de novas contratações, a taxa de juros para o crédito consignado é a partir de 0,79% a.m. Para renegociação de dívida, a taxa praticada é a partir de 0,80% a.m. Já no crédito pessoal, a partir de 1,50% a.m.

Para os clientes de pessoas jurídicas, o Acredita-DF tem capital de giro a partir de 0,80 % a.m. e carência para pagamento de até 12 meses. Para investimento, a carência pode chegar a até 24 meses.

*Com informações do BRB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here