Nova gestão do Detran-DF pretende resgatar a educação de trânsito para evitar mortes

O diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia, concedeu entrevista para a Associação de Blogueiros do Distrito Federal e Entorno (ABBP), na manhã desta quinta-feira (14)

O Portal, relembrou que o DF é conhecido nacionalmente por respeitar a faixa, mas o atropelamento de pedestres, grande parte deles no local de travessia, ainda é um dos maiores motivos de morte em acidentes de trânsito na Capital. Questionamos o que o Detran, na gestão de Zélio Maia, pretende fazer para diminuir esses números.

Zélio afirmou que o quantitativo de mortos no trânsito no Brasil é muito alto. “Estamos em quinto lugar na quantidade de números absolutos no trânsito. Os mais atingidos são pedestres e motociclistas. No ano de 2019 tivemos 278 mortes, em 2018 foram 217 mortos no trânsito do DF, ou seja, o número se manteve”.

A OMS entendendo que as mortes no trânsito são uma questão de saúde pública lançou a campanha Maio Amarelo. Neste ano o Detran-DF está realizando a campanha, quase que exclusivamente pela internet. Zélio entende que o Maio Amarelo foi criado para que tivéssemos um mês destinado a campanhas de conscientização com mais força.

“O DF participa da Campanha Maio Amarelo desde 2014 e já chegou a reduzir em 27% as mortes de trânsito”, disse Zélio.

A função do Detran é de educar. A faixa de pedestre completou 23 anos em 2020, colocando o DF em evidência em todo o Brasil por ser pioneiro na educação de toda a sociedade em respeito a faixa.

Isso se tornou um símbolo para o DF em relação a outros estados. O Brasiliense ficou conhecido como alguém que foi educado para respeitar a faixa de pedestre.

Zélio concorda que nos últimos anos essa campanha foi deixada de lado. E afirmou que, “na nossa gestão vamos voltar a focar nestas campanhas. E não queremos ser lembrados como um Detran que pune, mesmo a penalidade sendo uma das formas de educar, mas queremos focar em diversas campanhas educativas para baixar as estatísticas de mortes no trânsito no DF”, finalizou.

Fonte: Conectado ao Poder

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here