No DF, academias, salões e barbearias seguem fechadas

Ibaneis ignora decreto de Bolsonaro e faz uso da autonomia dada às unidades da federação para decidir sobre a reabertura de comércios

Mesmo com o decreto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que permite a reabertura de academias, salões de beleza e barbearias, o governador Ibaneis Rocha (MDB) não deve flexibilizar no Distrito Federal. Os estabelecimentos na capital seguem fechados.

“Vou continuar seguindo o que os técnicos vêm apontando: eles apontam um risco muito grande grande de contaminação em bares, academias e restaurantes”, afirmou o governador, à Rádio Gaúcha.

Ibaneis disse também que quem desobedecer a norma pode perder o alvará de funcionamento.

Desta forma, Ibaneis se junta aos governadores dos estados de Ceará, Maranhão, Pará, Espírito Santo, Bahia e Rio de Janeiro, que também declararam que não vão reabrir academias e salões.

“Apesar do presidente baixar decreto considerando salões de beleza, barbearias e academias de ginástica como serviços essenciais, esse ato em NADA altera o atual decreto em vigor no Ceará, e devem permanecer fechados”, declarou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT).

Fonte: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here