Ibaneis Rocha pode voltar a surpreender novamente a cena política brasiliense em 2022

A rotação política do Palácio do Buriti será turbinada a partir das próximas semanas com os olhos voltados para as eleições majoritárias de 2022

O governador Ibaneis Rocha (MDB), então candidato desconhecido, que repaginou a história do mundo político do DF, ao vencer a corrida pelo Buriti em 2018,  pode voltar e surpreender novamente a cena política brasiliense.

Ele pode subir para um patamar mais alto no campo da política nacional ou se reeleger, ao mesmo cargo, façanha somente conseguida até agora apenas pelo ex-governador Joaquim Roriz.

A chave de ignição de Ibaneis, rumo a 2022, foi acionada no ano passado com o estreitamento da relação com a Câmara Legislativa.

O emedebista estendeu o diálogo com deputados distritais, inclusive com alguns renomados da oposição, o que contribuiu para a reeleição quase unânime de Rafael Prudente (MDB) no comando da Casa.

Agora, o governador está focado na disputa da Câmara dos Deputados, onde o presidente do seu partido, Baleia Rossi (MDB-SP), deve derrotar Arthur Lira (PP-AL) na eleição marcada para ocorrer no dia 2 de fevereiro.

O presidente do MDB nacional sempre manteve o desejo  de que  o governador do DF dispute o Palácio do Planalto em 2022.

Os caciques da legenda, vez por outra, tem se reunido na  casa de Ibaneis, no Lago Sul, para discutir o assunto.

Embora tenha o seu nome colocado no centro dos debates da cúpula de um dos maiores e mais importantes partidos políticos do país, Ibaneis segue no ritmo do “deixa a vida me levar, vida leva eu”.

Já no âmbito da política local, o governador, naturalmente, segue para a reeleição e isso ninguém duvida.

Mesmo atravessando uma segunda onda da covid, Ibaneis vai manter o foco na entrega de muitas obras em todas as 33 regiões administrativas para a retomada do crescimento econômico do Distrito Federal, sem perder de vista, é claro, o fortalecimento da saúde pública.

O governo local joga todas as fichas em cima de uma campanha de vacinação em massa, para livrar a população da doença que desde o início da pandemia já provocou, até ontem, 4.356 óbitos na capital (Dados da Secretaria de Saúde).

As constantes pesquisas do cenário político do DF, feitas para consumo próprio do Buriti, servem como termômetro para medir a cada movimento feito pelos grupos políticos que se avizinham. O RADARDF teve acesso a uma dessas pesquisas.

Em um dos contextos,  um levantamento interessante realizado no final do ano passado, pelo  instituto “Exata Opinião Pública”,   apurou que se as eleições fossem hoje a população renovaria o mandato de Ibaneis.

Na pesquisa o emedebista  galopa a passos largos  muito a frente de alguns de seus prováveis adversários.

Em dois anos, como governador, Ibaneis desenvolveu experiência própria de quem sabe a onde pisa. Sabe ainda que sozinho ninguém chega lá. Em seu auxílio, o governador conta com a ajuda de um núcleo politico acostumado a traçar cenários e vencer  grandes embates eleitorais.

Por Toni Duarte

Fonte: Radar DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here