Nota de esclarecimento – Tendências Culturais

Sem Título-1O país todo está passando por um momento crítico. Estamos enfrentando as consequências de uma cultura que sempre estimulou a vantagem individual ao bem coletivo, um problema que só poderá ser resolvido através da cultura e da educação.

O texto de autoria da jornalista Helena Mader, publicado no dia 26/01/2015 pelo Correio Braziliense, é desrespeitoso em relação à cultura e à sociedade que depende dela para enfrentar os problemas sociais.
A Constituição Brasileira entende a importância da difusão da cultura para solucionar problemas sociais e, no Artigo 215, atesta: “O Estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional e apoiará e incentivará a valorização e difusão das manifestações culturais”.
Portanto, é papel do estado apoiar todas as manifestações culturais, ao mesmo tempo oferecer suporte para que todas as regiões possam expressar os seus valores culturais.

A Administração da Ceilândia cumpriu o dever constitucional de incentivo e propagação da cultura local e a Deputada Luzia de Paula entende a importância da valorização cultural para uma sociedade mais justa e igualitária. Ao mesmo tempo que a deputada se preocupou com a saúde, obras estruturais e educação, ela também não deixou de lado o apoio à cultura.

O projeto Tendências Culturais, que foi realizado no dia 27 de Dezembro de 2015 na Praça da Bíblia, contou com essa preocupação social. O evento trouxe bandas e cantores renomados da própria RA para construir um ambiente colaborativo, onde todos os pequenos empreendedores da Ceilândia puderam participar. As mais de 3 mil pessoas que passaram pela festa desfrutaram da harmonia do ambiente e participaram da propagação da cultura colaborativa.

Esperamos mais responsabilidade e preocupação com as informações difundidas pela mídia para o bom entendimento dos fatos. A cultura é parte da essência do ser humano e precisa ser valorizada como tal.

Atenciosamente,

Caio Dutra

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here