Nota de esclarecimento – ASFORRÓ-DF

20160128042648É lamentável que pessoas vejam Cultura só como ferramenta para lavar dinheiro público, ou gastá-lo de forma inadequada.

É compreensível esse entendimento diante de tantas denúncias expostas na mídia, de atos praticados por quem não tem compromisso com a verdadeira Cultura.

Nós, da Associação dos Forrozeiros do Distrito Federal, que somos mais de trinta e cinco Trios de Forró de Pé de Serra, todos cadastrados e credenciados na Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal, através do SISCULT; associando mais de cem famílias diretamente e todos em busca de ganhar, com a arte, o complemento de renda para o sustento das mesmas, vimos contestar esse entendimento maldoso, pois defendemos a Cultura Nordestina, e em especial o Forró de Pé de Serra, criado pelo nosso saudoso “Rei do Baião”, Luiz Gonzaga.

Ao tomarmos conhecimento da matéria, ora exposta, com conteúdo tendencioso para distorcer a imagem do contexto Cultural, resolvemos informar que: o evento realizado na Casa do Cantador, não foi um Evento ao acaso, e sim em comemoração ao 13 de dezembro, Dia Nacional do Forró (data em que nasceu o nosso eterno Rei do Baião, Luiz Gonzaga), e a edição de 2015 foi apenas a oitava de muitas outras que pretendemos realizar no grande Encontro de toda a Família Forrozeira, recebendo sempre o apoio do Governo do Distrito Federal, e do parlamentar que propuser apoio à realização do Evento (ações feitas por vários parlamentares, no decorrer das edições).

No ano de 2015, foi a vez da Deputada Distrital Luzia de Paula, simpatizante do gênero forró, indicando no Orçamento do GDF, uma pequena quantia para a realização do mesmo, no qual ficamos agradecidos aos apoios do GDF, da Administração Regional de Ceilândia, e o empenho da Deputada Distrital Luzia de Paula.

Marques Celio Rodrigues de Almeida

Presidente da ASFORRÓ-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here