Festival CoMA promete muita música, consciência e arte

Evento ocorre entre os dias 4 e 7 de agosto

E se pudéssemos criar um mundo ideal em um laboratório? O CoMA nasceu de sonhos que acreditam no poder de transformação por meio de ações coletivas. Com ações que duram o ano inteiro, o evento se materializa anualmente em forma de festival e, agora, está de volta após o período crítico de pandemia e vai acontecer dos dias 4 ao dia 7 de agosto, com a realização de conferências e apresentações de nomes relevantes da música brasileira, além de artistas com a carreira em construção. Confira!

Shows

O CoMA 2022 será composto por cinco palcos, três  deles montados no gramado do Centro Cultural Ibero-americano (antiga Funarte) Palco Norte, Palco Sul e Palco Conexões, e usa também a estrutura do Clube do Choro e do Planetário.

Desde a sua primeira edição, o CoMA (abreviação de Consciência, Música e Arte) tem um compromisso com a cena local. Não à toa, sua curadoria é pensada para que artistas do Distrito Federal também marquem presença no line-up.

O show de abertura acontece no dia 5 de agosto, na Tenda Conexões, com muita música eletrônica com DJs residentes de quatro grandes festas da cidade, que são a Criolina, Makossa, Vapor e Play, além da apresentação do Heavy Baile.

A edição de 2022 escalou para se apresentar no dia 6 de agosto os artistas Anna Moura, Pedro Alex part Bell Lins, Sellva, Lubardino, Puta Romântica, Gaby Amarantos, Menores Atos, Glau Tavares, ÀTTØØXXÁ com participação de Carlinhos Brown, Urias, Don L, Tasha & Tracie, Vitor Ramil, Luísa e os Alquimistas, entre outros.

Já o dia 7, se apresentam Jovem Dionísio, Braza, Flor Furacão, Bolhazul, Orquestra Quadrafônica, Duo Palco-céu, Rico Dalasam, Gal Costa, Samba Urgente part Leci Brandão, ÀVUÀ, Bela Desejo, Martinha do Coco, Lamparina e muito mais.

Os ingressos estão disponíveis no Sympla (acesse aqui).

Conferências

De acordo com a organização do evento, a conferência dá espaço para os músicos e todos os artistas que fazem parte do processo musical. Este é um lugar para que os profissionais possam trocar experiências sobre produção, financiamento e divulgação de música, além de tratar sobre empreendedorismo.

É na Conferência CoMA que os negócios são firmados e as novas inteligências apresentadas para o mercado da música, através de conversas, workshops, pitches, e showcases. Nesse ambiente o público pode interagir com players, palestrantes, representantes do mercado, e mais um tanto de gente interessada.

Nesta edição, grandes profissionais foram convidados para que a experiência seja ainda mais rica. Os dez primeiros nomes anunciados vêm do Brasil, Colômbia e Estados Unidos, como: Raína Biriba, produtora do festival AFROPUNK Bahia; Felipe Grajales, diretor do festival colombiano Altavoz; e Karen Allen, autora do livro “Twitch for Musician

Além dos nomes nacionais anunciados hoje, outras novidades internacionais somam à programação-   Trata-se de Ammoye,  musicista de reggae nascida na Jamaica e radicada no Canadá desde a adolescência  — indicada cinco vezes ao Prêmio Juno de Gravação de Reggae do Ano —; da cantora e compositora argentina Viento de Oriente, que lançou, recentemente, o single “Temperamento”; de Piece The Nena, que é um trio ‘eletroperformático’ experimental também da Argentina; e o projeto Killabeatmaker, do artista Hilder Brando, de música étnica e futurista, baseado em Medellín, na Colômbia.

CoMA Consciente 

O CoMA é muito mais do que um festival. São momentos e experiências sensoriais compartilhadas que visam a adoção de boas práticas de valorização e inclusão das pessoas, da cultura e economia local, e de redução e compensação dos impactos do evento. Além disso, os organizadores do evento fazem questão de realizar uma inclusão socioprodutiva com a contratação de PCDs para trabalharem no evento.

Copos retornáveis, mobiliários produzidos com material reutilizável, coleta seletiva e destinação adequada de lixo eletrônico, programação escrita em libras, áudio e braile e piso para melhor locomoção de cadeirantes, distribuição de fones de ouvido para autistas são algumas das iniciativas adotadas pelo CoMA Consciente, que é um convite para ocuparmos um espaço com soluções criativas e inovadoras, porque inspirar as pessoas vale muito a pena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here