Contra o preconceito: Cacau Protásio estrela ‘Deu a louca na Branca’

20171019151814132144eA carreira da atriz e comediante Cacau Protásio é marcada por sucessos cômicos, como a Terezinha do seriado Vai que cola e a empregada doméstica Zezé de Avenida Brasil. Por isso, não é de se espantar que a intérprete se valha do riso para falar de assuntos sérios, como preconceito. É o caso de Deu a louca na Branca, texto de Cacau Hygino com direção de Regiana Antonini .
Nos palcos, Cacau Protásio vive Sebastiana. A personagem reúne a plateia para uma revelação: ela é a verdadeira Branca de Neve. Ela está revoltada com Walt Disney porque percebeu que foi usada por ele, que sempre a obrigou a ser chamada de branca mesmo sendo negra. No monólogo, Cacau conta com o auxílio de vozes em off de nomes como a cantora Ana Carolina, e da plateia, que tem participação ativa na comédia.
“As pessoas saem da peça rindo, mas pensando um pouco mais no respeito às diferenças”, afirma a atriz, em entrevista ao Correio. A questão do racismo a acompanha desde a infância. Com tantas princesas e bonecas loiras e magras, Cacau não se identificava com nenhuma.
“Não tinha princesas gordas e nem negras. Eu não me via em nenhuma delas”, conta. Mas Cacau se revela otimista: “Acredito que vamos um dia respeitar o próximo do jeito que ele ou ela for”.
Serviço
Deu a louca na Branca 
Teatro dos Bancários (314/315 Sul). Amanhã, às 19h, e domingo, às 18h. Ingressos a R$ 100 (inteira), R$ 60 (ingresso solidário, doando 2kg de alimentos) e R$ 50 (meia). Assinantes do Correio têm 60% de desconto na
compra da inteira. Não recomendado para menores de 12 anos.
Fonte: CB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here