Okumoto diz que queda de covid no DF ocorre de forma gradual. “Apelo à população que evite aglomerações”

O secretário de Saúde Osnei Okumoto disse nesta quarta-feira (09), ao Radar-DF, que apesar da queda gradual da covid 19 no Distrito Federal, registrada nas últimas duas semanas,  não é motivo para que a população relaxe as medidas de segurança para se proteger da doença

Após 15 meses, afastado da Secretaria de Saúde, o farmacêutico bioquímico Osnei Okumoto retorna a pasta para comandar as ações que já produzem queda da covid no DF

As aglomerações registradas no último final de semana, e início desta,  por causa do feriado de 7 de Setembro, encheu de preocupação as autoridades sanitárias de saúde que alertam para o risco da volta do crescimento de casos de coronavírus no DF que atualmente está em queda no número de mortes.

Conforme o Radar-DF mostrou,  nos dias 5, 6 e 7 de setembro os pontos de banhos do Lago Paranoá ficaram lotados com pessoas sem máscaras, sem distanciamento físico e muitas aglomerações formadas como ocorreu na beira-lago da Ponte JK.

No DF , a média móvel dos últimos sete dias está 11,6% menor do que o cálculo para às duas semanas anteriores.

O valor indica tendência de queda no número.  239 leitos de UTI estão vagos.

Dos 171.739 casos confirmados, 157.440 pacientes se recuperaram. Foram registrados 43 óbitos. Deste total, quatro faleceram nesta terça-feira.

Os  outros óbitos ocorreram entre dias 4 e 7 de setembro, coincidindo com o feriado prolongado.

Osnei Okumoto disse ao Radar-DF que os grandes  investimentos econômicos feitos pelo governador Ibaneis Rocha, na reestruturação da Secretaria de Saúde, como compra de insumos e equipamentos, contração de médicos e pessoal de enfermagem, construção de hospitais de campanha e UPAS,  foram fundamentais para o enfrentamento a covid 19 no DF.

“Embora havendo flexibilizações pontuais em alguns setores da economia, o Distrito Federal está conseguindo diminuir a velocidade da pandemia com a queda dos números de casos. Mas é preciso que as pessoas  não baixem a guarda em relação às medidas protetivas contra o vírus. “Apelo à população que evite aglomerações””, disse Okumoto.

Vacina

O secretário de Saúde disse ser normal a suspensão temporária dos testes da  possível vacina contra a covid-19 desenvolvida pela parceria Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca anunciada nesta terça-feira (08).

Em relação da vacina da China, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech, que vem sendo testada com voluntários de Brasília, desde o início do mês passado, o secretário Okumoto afirmou que os testes estão bem evoluídos. A vacina contra a Covid-19 está na terceira e última fase de testes.

Sobre a vacina russa,  Osnei Okumoto, disse que continua conversando com o embaixador da Rússia, Sergey Akopov e que um protocolo de intenções está em curso, dando início a um processo de parceria para que o medicamento seja usado no Distrito Federal.

Por Toni Duarte

Fonte: RadarDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here