Sai Ka, entra Bronco: por que nova Ford tira sono dos seus concessionários

A decisão anunciada pela Ford de encerrar a produção de veículos no Brasil e focar exclusivamente modelos importados está tirando o sono dos seus 283 concessionários

Bronco chega até abril na faixa de R$ 280 mil; concessionários Ford projetam queda de 80% no faturamento com linha 100% importada e aposentadoria de Ka, Ka Sedan e EcoSport

Prestes a perder os compactos Ka e EcoSport, os produtos de maior volume da marca, a rede de revendedores autorizados teme pelo futuro e projeta queda de 80% no faturamento nessa nova fase.

Além disso, conforme noticiado com exclusividade por UOL Carros na sexta-feira passada, a Abradif (Associação Brasileira dos Distribuidores Ford) contesta a proposta inicial de indenização feita pela montadora aos concessionários que serão desligados, como parte da reestruturação da operação local da companhia.

No mesmo dia, a associação notificou a empresa extrajudicialmente.

Já prevendo a queda drástica no faturamento da “nova Ford”, a entidade pleiteia o desligamento imediato de toda a rede e reembolso superior a R$ 1,5 bilhão antes que os lojistas remanescentes sejam recontratados.

Oficialmente, a oval azul não se manifesta. No entanto, tivemos acesso à resposta enviada ontem pela montadora à Abradif, na qual diz ter recebido a notificação com “estranheza” e pontua que “serão conduzidas as negociações com condições isonômicas para toda rede, em patamares superiores aos previstos em lei e pagamentos ágeis”.

Sob condição de anonimato, um tradicional concessionário diz que a Ford pretende enxugar a rede para aproximadamente 120 pontos de venda e pós-venda, ao passo que estudo encomendado pela associação de concessionários aponta que o número ideal, de forma a garantir um negócio rentável aos lojistas, seria “de 40 a 50 distribuidores”.

O mesmo estudo aponta a expectativa de queda para 20% do faturamento atual com a chegada do Bronco e dos demais veículos que passarão a compor o portfólio da companhia no País.

Fonte: Uol

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here