Rollemberg e Perillo anunciam estudo para ferrovias entre Brasília e Goiânia

rollemberg_perilloOs governadores do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e de Goiás, Marconi Perillo, anunciaram nesta segunda-feira (17) que empresários serão consultados, a partir de setembro, sobre a viabilidade implantação de trens ligando Brasília a Goiânia. A medida é o primeiro passo para a instalação do serviço, que ainda não tem prazo nem orçamento definidos.

Os trens para cargas e passageiros também deverão ligar as capitais a cidades do Entorno como Luziânia, Cidade Ocidental e Águas Lindas. Um dos projetos deve utilizar a linha férrea que já existe entre Brasília e Luziânia, mas só é usada para cargas há mais de 25 anos. Para esse projeto, a consulta deve ser lançada até dia 17 de setembro.

“É um dia histórico para essa região. O anúncio do governo federal para lançar o PMI [Procedimento de Manifestação de Interesse] vai atender a uma população muito grande que mora em Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental, Novo Gama, e se desloca diariamente para trabalhar em Brasília”, declarou Rollemberg. Segundo ele, 15% das pessoas que trabalham no DF moram em cidades próximas.

É um dia histórico para essa região. O anúncio do governo federal para lançar o PMI [Procedimento de Manifestação de Interesse] vai atender a uma população muito grande que mora em Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental, Novo Gama, e se desloca diariamente para trabalhar em Brasília” Rodrigo Rollemberg, governador do DF

Os PMIs são editais para que empresas se manifestem sobre a viabilidade e o interesse econômico das ferrovias. A partir desses documentos, o governo pode elaborar a licitação e estabelecer parcerias público-privadas. Até esta segunda, o site do Programa de Investimentos em Logística (PMI) do governo federal listava seis PMIs de ferrovias e quatro de rodovias em andamento.

Um trem de média velocidade, com trilhos novos, também será estudado para fazer a ligação direta entre Brasília e Goiânia, com estações em cidades intermediárias, como Águas Lindas. A PMI desta linha deverá ser lançada até 30 de outubro, segundo Perillo. Ele também citou conversas sobre a extensão do Expresso DF até Luziânia, partindo de Santa Maria, mas não informou prazo para os estudos dessa linha.

Os governadores se reuniram no Ministério dos Transportes, em Brasília, com a presença do ministro Antônio Carlos Rodrigues, do diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, e da deputada distrital Liliane Roriz (PRTB).

O ministério informou ao G1 que não vai se pronunciar sobre o cronograma. A reportagem fez contato com a ANTT, mas não recebeu retorno até a publicação do texto.

Debate antigo

Em novembro de 2014, Rollemberg e Perillo se reuniram como governadores eleito e reeleito para “conversar sobre questões do Entorno”. Após o encontro, ambos citaram a necessidade de melhorar o transporte entre DF e Goiás e anunciaram reunião com a ANTT para discutir o problema.

A discussão sobre a retomada do trecho Brasília-Luziânia como rota de passageiros é antiga. Em 2012, reportagem da TV Globo mostrava uma das promessas de tirar o projeto do papel, feita pela Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).

“A cidade está num processo de estrangulamento de suas vias de mobilidade. O que pode salvar essa cidade não são os pneus, mas os trilhos”, afirma na reportagem o então diretor da Sudeco e atual diretor do Metrô-DF, Marcelo Dourado. A previsão, na época, era de que as obras começassem no fim de 2014.

Na reunião desta segunda, Liliane Roriz afirmou que a ligação entre Brasília e Goiânia era um sonho do pai, Joaquim Roriz, que governou o DF até 2006. “Para mim, representa muita coisa. É fabuloso pensar que o sonho dele vai ser realizado”, diz.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here