Projeto de Lei sobre ampla divulgação de foragidos é aprovado na CLDF

Informações devem ser prioridade em sites da Segurança Pública

Quanto mais rápido um fugitivo ou foragido for capturado, mais segura a população vai estar. Uma forma de agilizar esse processo é através da identificação do suspeito. Para isso, todas as informações necessárias precisam estar disponíveis de forma fácil e acessível.

O Projeto de Lei N° 946/2020 aprovado ontem no plenário da CLDF, propõe justamente isso, que se priorize nos sites da PCDF e da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, todas as informações necessárias para uma melhor identificação, como o nome procurado, foto real e possíveis variações de aparência, apelidos, local e data de nascimento, idade, cor dos olhos e dos cabelos, altura, peso, sexo, raça e os crimes cometidos.

“Antigamente só recebíamos as informações através da imprensa de forma genérica. Com esta Lei, vamos poder monitorar de forma individual cada um”, comenta o sargento da Polícia Miliar Edézio Costa.

A ideia é que o conteúdo da página de internet seja organizado de forma a priorizar a divulgação de indivíduos que cometeram crimes hediondos, perigosos e os recém decretados fugitivos e disponibilize um número telefônico para receber informes e campo próprio para envio de comunicações.

“Divulgar o máximo possível todas as informação sobre fugitivos e foragidos faz toda a diferença para o trabalho dos policias militares. Assim não vão trabalhar às cegas, como normalmente acontecia”, comenta o autor do projeto, deputado distrital Hermeto (MDB).

Por Vanessa de Araújo
Fonte: Ascom
Detran-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here