Filho é o principal suspeito de matar casal encontrado em cisterna

20150819234042A Polícia Civil identificou o suspeito de ter matado um homem e uma mulher encontrados em uma cisterna de aproximadamente 20 metros, no Setor de Chácaras Morro da Cruz, em São Sebastião.

Fernando Alves da Silva, 30 anos, é filho de Joaquim Alves da Silva, 60 anos, cujo corpo foi localizado na noite de terça-feira. No domingo, os bombeiros retiraram o corpo de Maria Lucia Batista, 49 anos, madrasta de Fernando.

De acordo com as investigações da polícia, Fernando Alves da Silva teria cometido o crime após ser expulso de casa pela madrasta, que havia descoberto que ele mantinha um caso com a nora dela, Alessandra Teixeira, apontada como cúmplice no duplo assassinato.

Segundo os investigadores, ele teria assassinado o pai e madrasta na madrugada de sexta-feira. A mulher era cozinheira de um restaurante e morava na chácara do patrão, onde o fato ocorreu. Segundo a polícia, o patrão estranhou a ausência da funcionária na sexta-feira e foi buscar informações sobre o sumiço dela.

Sangue

Ao chegar à residência da vítima, o patrão encontrou sangue nos lençóis. Ele, então, decidiu verificar a cisterna, onde encontrou o corpo de Maria Lúcia Batista. Ela estava amordaçada e com as duas mãos amarradas para trás. O corpo do homem foi encontrado na manhã de terça-feira, na mesma cisterna.

A 30ª Delegacia De Polícia (São Sebastião) investiga o caso.

Fonte: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here