Dilma descarta possibilidade de fraude na escolha do Brasil como sede do Mundial de 2014

TUK5901-Editar-980x345Em entrevista para a rede “France 24”, a presidente Dilma Rousseff descartou qualquer possibilidade de ter havido fraude na escolha do Brasil como sede do Mundial de 2014.

“Para nós, é muito importante (que se investigue a corrupção na Fifa), porque o Brasil é o país com mais títulos de Copa do Mundo em todos os tempos e o país que fez, eu acredito, no ano passado, a Copa das Copas. E não há qualquer motivo para se engajar qualquer processo de corrupção na escolha do Brasil como sede”, completou.

A presidente também falou sobre o escândalo de corrupção na Fifa, que rendeu prisão a sete dirigentes da Fifa na Suíça, entre eles o ex-presidente da CBF e ex-governador de São Paulo, José Maria Marin.

De acordo com a presidente, o Brasil é um dos maiores interessados nas investigações, que estão sendo conduzidas pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, para que os responsáveis possam ser punidos.

“Tudo que diz respeito a essa investigação é do maior interesse para o Brasil. Foi gerado muito dinheiro aqui, o que é bom para todo mundo, desde que seja feito de forma absolutamente transparente. Espero que seja de forma transparente. Caso não seja, pode ter certeza de que o governo brasileiro tem todo o interesse em saber qual é o responsável, quem são os responsáveis, puni-los e garantir que o Brasil tenha outro ambiente para o futebol”, disse.

Na última semana, em visita ao México, Dilma disse que as investigações sobre corrupção na Fifa vão beneficiar o esporte.

Fonte: Jornal Metro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here