Conselheiros de empresas públicas do DF recebem pelos cofres candangos, mas moram em outros estados

Rafaela Felicciano/MetrópolesE para entrar na moda das listas, aqui vai uma não tão saborosa, nem divertida, mas bem instigante. Reparem: pelo menos oito conselheiros de empresas públicas do Distrito Federal recebem jetons que variam entre R$ 5 mil e R$ 7 mil, se reúnem uma vez no mês, e não moram em Brasília. O que será mais difícil, encontrar quem possa aconselhar essas empresas por aqui ou acomodar o grupo político que perdeu as eleições Brasil afora?

São eles:

Carlos Vinícius Raposo Machado Costa – vice-presidente do BRB, mora no Rio de Janeiro (RJ)

Leonardo Colombini Lima – conselheiro de administração do BRB, mora em São Paulo (SP)

Roberto Vanderley de Andrade – conselheiro fiscal da Terracap, mora em Recife (PE)

Eduardo Antônio Codo Santos – conselheiro de administração da Caesb, mora em Belo Horizonte (MG)

Joel Antônio Araújo – conselheiro fiscal da CEB Lajeado, mora em Belo Horizonte (MG)

Wagner Montoro Júnior – conselheiro fiscal da CEB Lajeado, mora no Rio de Janeiro (RJ)

Rodrigo Vilella Ruiz – conselheiro Fiscal da CEB Lajeado (suplente), mora no Rio de Janeiro (RJ)

Francisco Roberto Duarte da Silva – conselheiro de Administração da CEB Lajeado, mora em Manaus (AM).

Fonte: metropoles.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here