PIB encolheu 8,12%, o tombo mais elevado desde 2004, segundo BC

20160314233818998059eA presidente Dilma Rousseff vai ter de lidar com outra forte contração do Produto Interno Bruto (PIB), em meio ao clamor das ruas contra seu governo. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central, o IBC-Br, uma espécie de prévia do Produto Interno Bruto (PIB), recuou 0,61% em janeiro ante dezembro do ano passado, resultado que representou o 11º mês seguido de perda. Na comparação anual, a queda é de 6,7%. Porém, sem ajustes sazonais, o tombo é ainda mais assustador: nesse critério, o PIB encolheu 8,12% em relação a janeiro de 2015, o tombo mais elevado desde o início da série do BC. em 2004.

Como o ano começou mostrando que o que está ruim pode e vai piorar, o futuro do governo ficou mais curto. Na avaliação da consultoria de risco político Eurasia Group, Dilma deve deixar o cargo em maio, ao fim do processo de impeachment que pode começar em breve a tramitar na Câmara dos Deputados. Em relatório, a empresa americana, que, na semana passada, tinha elevado de 55% para 65% a probabilidade de a presidente não chegar ao fim de 2018 no cargo, afirmou ontem que as manifestações do domingo vão apressar o desfecho.

Enquanto o quadro político se agrava, a economia continua em queda livre. Para o economista-chefe da Opus Investimento, José Márcio Camargo, o recuo do IBC-Br foi maior do que o mercado esperava. “Apesar de a indústria ter tido um desempenho levemente positivo, que também surpreendeu, a queda de serviços foi responsável pela retração”, analisou. Os setores de varejo e de serviços iniciaram o ano com queda de 1,5% sobre dezembro, e de 5% sobre janeiro de 2015. Isso ofuscou a alta inesperada de 0,4% na produção industrial na comparação com o mês anterior. No acumulado em 12 meses, o IBC-Br caiu 4,44% em números dessazonalizados, que retiram do cálculo fatores típicos de determinadas épocas para permitir a compensação de períodos diferentes.

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here