“Vai trabalhar, vagabundo”: Bolsonaro ouve vaias e panelaço no DF

Foi o primeiro dia de aparição a populares desde que o vídeo da reunião ministerial que indica interferência na Polícia Federal foi divulgado

Na noite deste sábado (23), o presidente Jair Bolsonaro decidiu ir às ruas de Brasília. Foi a primeira aparição a populares desde a divulgação da reunião com ministros que pode apontar tentativa de interferência do presidente na Polícia Federal, cujo vídeo foi ao ar na sexta (23).

As reações não foram positivas: de máscara no queixo e comendo cachorro-quente, Bolsonaro ouviu vaias, panelaço e gritos de protesto.

O presidente postou um vídeo da ida às ruas. Em determinado momento, é possível ouvir gritos de protesto como “vai dormir, zé ruela” e “vai trabalhar vagabundo!”.

Apesar dos gritos e do panelaço, também havia apoiadores presentes. Uma mulher, que diz ter vindo da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, pede para tirar uma foto com o presidente.

Agenda

Mais cedo, o presidente se reuniu com youtubers apoiadores de seu governo. As deputadas federais Carla Zambelli e Bia Kicis também estavam presentes no encontro.

Em seguida, Bolsonaro apareceu na 112 Sul, onde mora o ministro-chefe da secretaria de Governo, o general Luiz Eduardo Ramos. Ele estava acompanhado por seguranças e usava máscara. Ainda não se sabe o que foi discutido na casa do ministro.

Ao sair da reunião, Bolsonaro parou para responder perguntas de moradores da quadra, mas, de cara fechada, não falou abertamente com a imprensa.

Fonte: Jornal de Brasília


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here