Auxílio emergencial é prorrogado por mais quatro meses

Auxílio Emergencial passa a ser de R$ 300. A decisão de dividir o valor pela metade, segundo o presidente foi pela falta de condições do país em pagar a quantia



Nesta terça-feira (1º), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro Paulo Guedes anunciaram a prorrogação do auxílio emergencial por mais 4 meses. A diferença é que o valor agora passa a ser de R$ 300.

O benefício, pago por cinco meses a autônomos e desempregados durante pandemia da covid-19, tinha valor de R$ 600. A decisão de dividir o valor pela metade, segundo o presidente, foi pela falta de condições do país em pagar a quantia.

“Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio] por medida provisória até o final do ano. O valor definido é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. O valor, como vínhamos dizendo, R$ 600, é muito para quem paga, no caso, o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades, mas basicamente, atende”, disse o presidente após reunião com ministros e parlamentares aliados no Palácio da Alvorada, em Brasília.

Reformas

Além do auxílio, Bolsonaro e Guedes falaram sobre a retomada das reformas econômicas. Segundo o Chefe do Executivo, a reforma administrativa deve ser enviada na quinta-feira (3) ao congresso.

“Iremos encaminhar na quinta feira a reforma administrativa. Que fique bem claro que ela não atingirá nenhum dos atuais servidores. Ela se aplicará apenas aos futuros servidores concursados”, afirmou Bolsonaro.

Guedes afirmou a fala do presidente. “A reforma administrativa é importante, como o presidente deixou claro, desde o início, não atinge os direitos dos servidores públicos atuais, mas redefine toda a trajetória do serviço público do futuro, de qualidade, com meritocracia, com concursos exigentes, promoção por mérito. É importante que estamos não só com os olhos na população brasileira a curto prazo, mas toda a classe política brasileira pensando no futuro do País e implementando as reformas”, completou.

Beneficiários do mês de agosto

Cerca de 4 milhões de beneficiários do auxílio emergencial nascidos em agosto poderão sacar o dinheiro nesta segunda-feira (1º). Também estão liberadas as transferências dos recursos para outras contas.

Os beneficiários com direito a saque e transferência hoje receberam o crédito na poupança social da Caixa no dia 14 de agosto.

Fonte: Isto É

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here