Ibaneis abre 20 pontos de vantagem e pode ganhar no primeiro turno, aponta pesquisa Metrópoles/Ideia

Da redação

Levantamento mostra o governador com mais que o dobro dos votos do segundo colocado

O Instituto Ideia, em parceria com o portal Metrópoles, divulgou uma pesquisa, na última quarta-feira (22), em que o governador Ibaneis Rocha (MDB) é apontado como favorito no cenário estimulado, quando o pesquisador mostra possíveis nomes aos entrevistados, na disputa ao Palácio do Buriti, com  34,5% das intenções de voto, na frente do senador Reguffe (União Brasil), que tem 14,8%.

A senadora Leila do Vôlei (PDT) aparece com 7%, o ex-secretário de educação Rafael Parente (PSB) com 5,8%, o senador Izalci Lucas (PSDB) tem 4,5%, o deputado distrital Leandro Grass (PV) 3,5% e Keka Bagno (PSOL) 1,7%. Lucas Salles (DC), João Vicente Goulart (PCdoB) e Robson da Silva (PSTU) também têm seus nomes expostos, cada um com 0,3%. 19,2% somam aqueles que não sabem. Brancos e nulos representam 8,2%.

Foi feito também um levantamento espontâneo, que é quando o entrevistado fala o nome do candidato que votaria sem as opções dadas. Nesse caso, Ibaneis tem 25,5%, na frente de Rafael Parente, que tem 3,8%, Reguffe foi citado por 3,5%. Leila do Vôlei soma 3,3%, Izalci 1,1% e Grass 1%, o mesmo que Keka Bagno.

Embora tenha anunciado intenção de disputar cadeira no Senado Federal, Flávia Arruda (PL) foi lembrada por 0,7% dos entrevistados e Rosilene Corrêa (PT) por 0,5%, mesmo tendo desistido para apoiar Leandro Grass. Brancos e nulos são 12,5% e não sabem 46,3%.

Informações técnicas

A pesquisa quantitativa foi realizada com aplicação de questionário estruturado, por meio de inquérito telefônico, com plano amostral e ponderação quanto ao sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado, aplicada para 1,2 mil pessoas de 16 anos ou mais, com título de eleitor, em todas as regiões administrativas do Distrito Federal, entre os dias 16 e 21 de junho.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95% e a pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número DF-04171/2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here