Barão Vermelho e Ira! são destaques do Festival Rock Brasil 40 anos

Paulo Ricardo, Barão Vermelho, Ira! e Camisa de Vênus são as atrações deste fim de semana do festival Rock Brasil 40 Anos no CCBB

O Festival Rock Brasil 40 Anos volta a movimentar o Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília neste final de semana com extensa programação, que tem como ponto alto,  shows amanhã e domingo, a partir das 19h, protagonizados por cantores e bandas que se destacaram no movimento iniciado no começo da década de 1980.

Amanhã, se apresentarão o cantor Paulo Ricardo e a banda Barão Vermelho, enquanto no domingo sobem ao palco a cantora Marina Lima e a banda Camisa de Vênus. A atração de hoje, às 19h30, no teatro do CCBB é Cazas de Cazuza,  musical que presta tributo a um dos artistas mais icônicos da história do rock brasileiro.

Escrito e montado em 2000, sob a direção de Rodrigo Pitta, Cazas de Cazuza é encenado por oito personagens, aborda temas como amor, sexo, drogas e desemprego, presentes na obra do cantor e compositor carioca, um dos criadores da banda Barão Vermelho e que, posteriormente, conseguiu grande destaque em carreira solo. A trilha sonora do espetáculo traz clássicos de autoria do poeta, entre os quais Bete Balanço, Brasil, Codinome Beija-Flor, Ideologia, O tempo não para e Pro dia nascer feliz.

Chamam a atenção também na programação duas exposições com elementos que interagem com a proposta do festival. Uma é de fotografias, que reúne 60 fotos de artistas e personalidades do rock nacional, clicadas nas últimas décadas por Cristina Granato, um dos nomes mais representativos do fotojornalismo brasileiro. A outra é de obras dos artistas plásticos Luiz Stein e Zé Carratu, que surgiram paralelamente ao movimento roqueiro.

Shows concorridos

Atração principal do Rock Brasil, os shows que ocorrem na área externa do CCBB, têm sido muito concorridos desde o início do festival, há dois finais de semana, com a presença de roqueiros de diferentes gerações. Chamam a atenção, entre os espectadores, pessoas que testemunharam o surgimento de cantores e bandas oitentistas — alguns estão se apresentando no festival — , que voltam a assisti-los, agora acompanhados pelos filhos.

Um deles é Paulo Ricardo, ex-vocalista do RPM, que faz show amanhã, às 19h. O público vai ouvi-lo cantar clássicos da antiga banda como Alvorada voraz, Louras geladas, Olhar 43, Rádio pirata, Revoluções por minuto e versão de London London (Caetano Veloso), além de hits que lançou em carreira solo, entre eles O amor me escolheu e Vida real, tema do programa televisivo Big Brother Brasil. Segundo Paulo Ricardo, o festival Rock Brasil 40 anos é, sem dúvida, o evento mais importante do pop rock nacional dos últimos anos e é emblemático que sua última edição aconteça em Brasília, cidade onde passou boa parte da adolescência, onde viu os primeiros shows e berço de grandes bandas. “E faremos uma das últimas apresentações da turnê Rádio Pirata ao vivo 35 anos, reproduzindo aquele espetáculo icônico, dirigido pelo mestre Ney Matogrosso e que permanece um divisor de águas no show business, tendo batido todos os recordes de público por onde passou”, comenta o cantor. “O show é exatamente o mesmo, o mesmo set list, os mesmos efeitos de laser desenhados pelo Ney pra fechar nossa participação em grande estilo. Vai ser inesquecível!”, destaca Paulo Ricardo.

Em seguida, se apresenta a banda Barão Vermelho, que conta na formação atual com Rodrigo Suricato (guitarra e vocal), Fernando Magalhães (guitarra), Maurício Barros (teclados) e Guto Goffi (bateria). No repertório não faltarão sucessos que a banda acumulou ao longo de quatro décadas, com destaque para Beth Balanço, Codinome beija-flor, Maior abandonado, Pro dia nascer feliz e Puro êxtase: “A primeira vez que o Barão tocou em Brasília foi em 1982, e esse show agora serão 40 anos de Rock Brasil de verdade para gente” , lembra Guto Goffi.

No domingo, quem abre a programação é a paulistana Ira!, que tem em sua formação Nasi (vocal), Edgard Scandurra (guitarra), Evaristo Pádua (baixo) e Johnny Boy (bateria). Os fãs ouvirão, por exemplo, Envelheço na cidade, Flores em vida, O girassol e Tolices. “Brasília é uma das capitais mais importantes para essa geração que faz 40 anos, ainda mais porque as bandas de Brasília sempre tiveram muitas influências e identidades próximas ao Ira!, no caso do punk e do pós-punk inglês. O Ira! e as bandas de Brasília sempre foram muito próximas “,  comenta Nasi. Na sequência entra em cena a banda Camisa de Vênus, liderada pelo cantor e compositor Marcelo Nova, autor de Agulha no palheiro, Eu não matei Joana D’Arc, Sílvia e Simca Chambord.”

Rock Brasil 40 Anos

Amanhã, às 19h, no Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Sul), show de Paulo Ricardo e em seguida Barão Vermelho. Domingo, às 19h, se apresenta Ira! e depois Camisa de Vênus. Ingressos: pista, a partir de R$ 60; e camarote a partir de R$ 100, pelo site Eventim. Obs. Os ingressos para o musical Caza de Cazuza estão esgotados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here