Técnicos e auxiliares em enfermagem suspendem greve no DF

assembleiaOs técnicos e auxiliares em enfermagem do Distrito Federal decidiram em assembleia nesta quinta-feira (5) suspender a greve da categoria iniciada no último dia 7. A categoria retoma as atividades a partir desta sexta-feira (6) às 7h. A decisão foi tomada após o governo enviar proposta em que se comprometeu a avançar em pontos como redução da carga horária e reposição de dias faltados.

“Conseguimos chegar a um denominador comum, mas não iremos arredar o pé”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate), Jorge Viana. Ele afirmou que o governo tem até o dia 16 para colocar em prática as propostas, que preveem criação de grupos de trabalho para atender as demandas.

Dos 14 mil servidores, 70% estavam paralisados, segundo estimativa do sindicato. Eles pedem a redução da carga de 24 horas para 20 horas semanais e manutenção da carga de 40 horas semanais para parte da categoria. Serviços como aplicação de vacinas, preparação do paciente para exames e cirurgias e marcação de consultas estavam suspensos.

Um grupo estava acampado na frente da Secretaria de Saúde como forma de protesto – cerca de 30 pessoas estavam no local desde segunda-feira (1°). Para a técnica Miosete Aguiar, o objetivo do ato era chamar a atenção do governo para que “avance nas negociações e cumpra a lei”.

O piso salarial de um técnico em enfermagem que trabalha 24 horas semanais é R$ 1,8 mil. Quem trabalha por 40 horas recebe R$ 2,2 mil.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!