Brasiliense pode eleger sala, quarto, cozinha e banheiro dos sonhos

20171013000928733066e (1)Uma das maiores mostras de arquitetura do mundo, a CasaCor está acontecendo em Brasília, pela 26ª vez. Para prestigiar e reconhecer a importância do evento e dos profissionais que expõem seus trabalhos, o Correio Braziliense vai premiar os melhores projetos. Em quatro categorias, a escolha será por meio do voto popular. Outras sete serão decididas por um júri técnico.

 A votação popular está aberta. Até 25 de outubro, os visitantes poderão eleger as criações que mais os encantaram, nas seguintes categorias: Sonho de sala, Sonho de quarto, Sonho de banheiro e Sonho de cozinha. É só entrar no site do Correio e votar: www.correiobraziliense.com.br. Os vencedores serão revelados em 31 de outubro.

Caberá a um júri especializado definir os premiados nas categorias de Melhor projeto, Prêmio especial, Originalidade, Uso de obra de arte, Melhor uso de luz, Melhor ambiente comercial e Melhor paisagismo. A comissão julgadora será formada por profissionais ligados às áreas de arquitetura, design de interiores, design e paisagismo, jornalismo e marketing.

Este ano, a CasaCor já foi realizada em seis cidades brasileiras e está acontecendo em outras nove, além de Brasília. No Rio de Janeiro, a exposição começará no fim deste mês. As fronteiras nacionais também foram quebradas pelo evento, que já se expandiu para Bolívia, Paraguai e Peru. Em todos os locais, o tema é o mesmo: Foco no essencial.

“Quando a mostra começou, a vida do brasileiro estava mais fácil. Hoje, ele tem mesmo que focar no essencial”, compara Eliane Martins, uma das organizadoras da CasaCor Brasília. “Queremos mostrar que isso é possível, com um bom trabalho.” Para a empresária, o evento é fundamental na valorização do design brasileiro.

Eliane também acredita que o evento muda a cultura do brasileiro em relação a investir na decoração. “Antes, as pessoas achavam que contratar um profissional era um luxo. Hoje, veem que eles são acessíveis e que, inclusive, conseguem fazer o ambiente que queremos economizando, dizendo onde devemos gastar, onde não”, explica.

Mercado

Jomar Braganca/Divulgação

Por onde passa, a CasaCor valoriza o trabalho de arquitetos e decoradores locais e movimenta o mercado dos setores envolvidos nas criações. A administradora Caroline Caixeta, uma das proprietárias da loja Artline, especializada em persianas, cortinas, papéis de parede e toldos, conta que faz questão de participar do evento, há 10 anos, em Brasília. Ela forneceu persianas e cortinas para sete ambientes da atual edição.

“É um período importante para a relação com profissionais da área e para a captação de clientes”, afirma Caroline. Atentos às novidades, uma das tecnologias que os arquitetos mais usaram foi a motorização de persianas. A inovação permite que elas sejam abertas e fechadas com um simples toque no celular.

A arquiteta Arina Araújo já participou de mais de cinco edições da CasaCor e considera a experiência importante para o amadurecimento profissional. Ela recomenda que os profissionais recém-formados incluam o evento entre os seus objetivos na carreira. “É uma mostra que enriquece muito o portfólio. Tem cliente que pergunta se a pessoa já fez”, conta.
Para Arina, que já expôs também em outras mostras de arquitetura e decoração, um dos pontos mais positivos da CasaCor é o público. “Acho que é a mais frequentada. Além disso, acontece em uma data boa. As pessoas querem arrumar suas casas para as festas de fim de ano”, lembra

» Para conferir (e votar) CasaCor Brasília

Data: até 8 de novembro
Local: Comercial da QI 9, Lote D, Lago Sul
Horário: de terça a sexta, das 15h às 22h
Sábados, domingos e feriados: das 12h às 22h
Informações: 3248-4638

Para votar clique aqui

Fonte: CB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here